Vamo falar mal dos gays, dos negros e dos muçulmanos?

imagesTô há cinco textos pelejando e cobrando mais bom senso, mas não dá. O bom senso não vende. O meio termo é difícil de ser encontrado. O intermediário é subjetivo demais. Falar bem dos outros não dá ibope. Quem compra coluna social é a quem está na coluna social. Todo mundo compra Fabíola Reipert, Léo Dias, Leão Lobo, etc. Continuar lendo “Vamo falar mal dos gays, dos negros e dos muçulmanos?”

Anúncios
Vamo falar mal dos gays, dos negros e dos muçulmanos?

O humor sempre tem um alvo?

irina_1Em defesa de um humor sem limites (agressivo?), ouvimos muito essa frase: “O humor sempre tem um alvo”. O sentido que isso transmite ao comediante não é nada agradável, pois ele pode ser associado a alguém com uma arma na mão engatilhada para atingir alguém. Não é bem assim…
Continuar lendo “O humor sempre tem um alvo?”

O humor sempre tem um alvo?

Somos todos minoria

obras-de-tarsila-do-amaral-operariosRecentemente, começaram a surgir inúmeras regras e normas de conduta para o humor. E, claro, todas essas fórmulas têm gerado legislação e código de ética inerente aos comediantes. Aqueles que não cumprem são publicamente punidos com a fogueira do ostracismo, do ódio, da intolerância, da negação (joga pedra na Geni). Todavia, já existe legislação que regula o limite do cômico e é ela que deve ser respeitada. Continuar lendo “Somos todos minoria”

Somos todos minoria